Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico
Usuário
Senha

Notícias

Newsletter

Nome:
Email:

Coordenadora da Mulher do TJSE recebe homenagens por trabalhos desenvolvidos

A Juíza Iracy Mangueira, Coordenadora da Mulher do Tribunal de Justiça de Sergipe (TJSE), recebeu dois Votos de Louvor em homenagem ao trabalho desenvolvido para o combate à violência doméstica e familiar contra a mulher. Um deles foi da Comissão Estadual dos Direitos da Mulher de Sergipe e o outro da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da seccional sergipana da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Em ofício enviado à Presidência do TJSE, a OAB destacou que reconhece a “relevante contribuição da Coordenadoria da Mulher no aprimoramento da prática profissional dos que laboram no atendimento à mulher e à família em situação de violência”. A Presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da OAB/SE, Adélia Pessoa, ressaltou que a magistrada atua com “dinamismo e talento na construção da rede de enfrentamento à violência contra a mulher”, tecendo parcerias necessárias e obtendo resultados profícuos. “Agradeço tanto à OAB quanto ao Conselho Estadual dos Direitos da Mulher. Esses Votos de Louvor são um reconhecimento ao nosso trabalho. Nos últimos dois anos, pontuamos questões de extrema importância, uma delas a capacitação dos atores que trabalham com o enfrentamento à violência doméstica, e a outra o Projeto Interior em Rede”, disse a magistrada, lembrando que foram realizadas capacitações tanto para o público interno, com servidores e magistrados, como para o externo. As capacitações para o público externo foram decorrentes de parcerias através de Termos de Cooperação assinados com o TJSE. “O da Polícia Militar já existia e, ano passado, durante a segunda edição da Semana da Justiça pela Paz em Casa, assinamos com a Polícia Civil, cujo objetivo é a sensibilização dos policiais sobre questão de gênero e, posteriormente, o atendimento prestado à mulher nas delegacias de polícia”, explicou Iracy. “Já o Projeto Interior em Rede está inserido no Planejamento Estratégico do TJSE. Tem como escopo articular e fomentar a criação e articulação das redes locais, identificando os equipamentos existentes em cada município, promovendo sobretudo a reflexão dessa rede sobre as relações horizontais que devemos travar nesse atendimento à mulher vítima de violência”, completou a magistrada, pontuando que as ações do Judiciário são importantes para o combate à violência contra a mulher, mas que também é necessário o fomento de políticas públicas. Conforme Iracy Mangueira, os recentes reconhecimentos são frutos de uma construção coletiva gestada a partir das parcerias com a Rede de Atendimento à Mulher em Situação de Violência, bem como do compromisso histórico do TJSE com a temática. “Aproveito para agradecer a todas as Coordenadoras que me antecederam, pela pavimentação do caminho e maestria com a qual conduziram os trabalhos. Importante, ainda, ressaltar que contamos com uma equipe integrada por profissionais que possuem expertise na área e que assessoram o Tribunal há algum tempo”, agradeceu a Juíza.
05/11/2018 (00:00)

Contate-nos

Rua dos Andradas  , 1560  , 16º andar
-  Centro
 -  Porto Alegre / RS
-  CEP: 90020-010
4003 84030800 880 8403
© 2018 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia