Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico
Usuário
Senha

Notícias

Newsletter

Nome:
Email:

Postulantes à adoção participam de quinto curso oferecido pela CIJ este ano

Foi realizada na manhã desta segunda-feira, 18/10, a quinta edição do Curso de Preparação Psicossocial e Jurídica para Pretendentes à Adoção, promovido pela Coordenadoria da Infância e Juventude (CIJ) do Tribunal de Justiça de Sergipe (TJSE). O encontro, realizado por meio de videoconferência, tem como objetivo prestar informações sobre direitos, deveres, legislação e sobre importância da construção de uma relação afetiva entre o adotado e a nova família. O curso foi aberto pela Juíza Iracy Mangueira, responsável pela CIJ. “Esse momento é muito importante para nós da CIJ e para vocês também, que esperam pelo curso. Esse curso é uma parte fundamental no processo de habilitação, que é composto por vários momentos, desde o estudo psicossocial até o contato com as crianças e adolescentes que estão em acolhimento institucional”, salientou a magistrada. Em seguida, foi exibido um vídeo do Juiz Paulo Macedo, Titular da 4ª Vara Cível de Nossa Senhora do Socorro, no qual falou sobre os aspectos jurídicos da adoção, inclusive explicando sobre os requisitos previstos em lei. Os aspectos psicológicos foram abordados pela Psicóloga Ticiana Guerra, da 16ª Vara Cível de Aracaju – Juizado da Infância e Adolescência. “O que se percebe em algumas crianças adotadas é o sentimento de rejeição mais acentuado, até pelo abandono que já viveram. Mas essa insegurança pode ser trabalhada”, orientou a Psicóloga, lembrando que a história de cada criança e adolescente deve ser acolhida. “Vocês precisam saber as demandas emocionais delas até para poder ajuda-las”, destacou Ticiana. Já a Assistente Social Ângela Maria da Silva, lotada no 5º Núcleo de Serviço Social e Psicologia do TSJE, falou sobre os aspectos sociais da adoção. “A adoção não pode ser discutida se a gente não levar em conta as questões que a constituem. Quando falamos em analisar, não analisamos só o postulante, analisamos também a família de origem e como o Estado vem respondendo às questões de família e suas políticas públicas”, explicou Ângela. “Durante o curso, vocês vão compreender como acontece a busca no Sistema Nacional de Adoção. Sistema esse que obedece a critérios, como perfis pré-estabelecidos e ordem de cadastramento”, informou a Juíza Iracy Mangueira. Todo o funcionamento do Sistema Nacional de Adoção (SNA) foi explicado aos postulantes pelo Psicólogo da CIJ, Sérgio Lessa. O Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) determina, em seu artigo 50, parágrafo 3º, que a inscrição de postulantes à adoção deve ser precedida de um período de preparação psicossocial e jurídica. Em 2020, após o início da pandemia da Covid-19, foram realizadas quatro edições do curso por meio de videoconferência, contando com 105 postulantes. Este ano, além de hoje, as edições do curso aconteceram em 15/03, 24/05, 21/06 e 23/08, somando 132 participantes. A última turma de 2021 será realizada no dia 06 de dezembro.
18/10/2021 (00:00)

Contate-nos

Rua dos Andradas  , 1560  , 16º andar
-  Centro
 -  Porto Alegre / RS
-  CEP: 90020-010
4003 84030800 880 8403
© 2021 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia